Make your own free website on Tripod.com


§ Cinco Facções do Sabá §


O âmbito da desunião no Sabbat é realmente tremendo. A seita pode ser dividida em cinco categorias básicas, ou facções, mas até mesmo dentro de cada uma destas facções, existem mais facções. As cinco facções primárias são o "Status Quo", "The Moderates", The Ultra-Conservatives", The Loyalists e The Panders. Estes nomes, raramente, são usados em conversações formais, e geralmente, se identifica um partidário de uma ou outra facção pelo seu ponto de vista, e não por uma etiqueta ou crachá. Porém nem todos os Sabbats se juntaram a uma facção, temendo problemas por causa disto.
O Sabbat acredita fielmente na regra do "Dividir e Conquistar", porém não existe a união em torno disto. Apesar das várias facções, o Sabbat vem conseguindo evitar outra guerra civil, por meio do Vaulderie e do Código de Milão. A Mão Negra também tenta manter a seita unida, fazendo com que aqueles que ameacem a segurança da seita desapareçam.



The Status Quo: O Status Quo é composto por quase todos os membros do clã Lasombra, Tzimisce e da Mão Negra. Eles acreditam que as coisas devem permanecer como estão. Não planejam aumentar o autoritarismo, pois sabem que isto pode conduzir a rebeliões, mas também não aceitam os modos dos Moderates e dos Loyalists. Eles acreditam que os Lasombra devem continuar exercendo o papel de líder da seita. Também desejam manter a paz dentro da seita, e desta forma, manter uma forte defesa contra a Camarilla e a Gehenna. Os líderes do Status Quo constantemente dão ordens aos demais, mas os formulam como pedidos. Eles julgam impróprio para a Seita uma recusa de seus pedidos, especialmente se a recusa partir dos Moderates.



The Moderates: Esta facção têm o apoio da maioria do Sabbat e conta com a maioria dos membros dos clãs Gangrel, Malkavian, Nosferatu, Serpentes da Luz, Toreador e Tremere. Esta facção acredita que a seita tem sido estruturada cada vez mais, apesar do Status Quo negar isto. Esta rigidez deveria ser detida, dando mais liberdade para todos os Sabbat, para que estes possam fazer o que lhes convir. Esta facção não favorece as Cruzadas, a menos que sejam absolutamente necessárias. A maioria dos Moderates seguem as ordens, mas eles normalmente questionam seus líderes, quando discordam das ordens recebidas. A maioria dos Moderates apreciam o modo de pensar dos Loyalists, mas continuam seguindo seus líderes, pois não desejam perder o respeito de outros Sabbats.



The Ultra-Conservatives: Esta facção é composta pelos membros mais velhos de todos os clãs do Sabbat. Os Ultra-Conservatives acreditam que o tempo de liberdade total deve ter um fim, porque a Gehenna se aproxima. Se o Sabbat quiser sobreviver, tem de estar muito estável. Esta facção vem ganhando lentamente, o apoio de muitos membros da Mão Negra. Curiosamente, os Ultra-Conservatives reconhecem os Panders como um clã verdadeiramente igual aos demais. Eles acreditam que o apoio dos Panders será necessário quando o conflito final chegar. Os Ultra-Conservatives seguem os líderes fortes e removem os fracos. Eles questionam as decisões de seus líderes como muitos dos Moderates, mas nunca deixam de obedece-las.



The Loyalists: Esta facção é composta principalmente por membros do clã Ventrue e Brujah Antitribu, entretanto alguns membros mais jovens de outros clãs também apoiam esta facção. Os Loyalists acreditam que eles devem desobedecer as ordens dos líderes para serem verdadeiramente leais ao Sabbat. O Sabbat foi fundado em prol da total liberdade, mas a seita distanciou-se de seu conceito original. Os Loyalists acreditam que a força da seita é derivada tenacidade de sua informalidade e caos. Os Loyalists são bem conhecidos por sua desobediência, porém eles apoiam todas as ações para reconquistar territórios perdidos para a Camarilla. Vale notar que eles nunca fizeram qualquer coisa que poderia ser considerado, de qualquer forma, prejudicial à seita. Eles criticam os líderes e induzem abertamente outros membros da seita a se perguntarem porque obedecem certas ordens.



The Panders: Joseph Panders tem razão de sobra para ficar orgulhoso de seu clã, porque ele vem alcançando grandes proporções. Porém, eles ainda tem de percorrer uma longa estrada para serem tratados de igual para igual, pelos outros clãs. Os Panders apoiam todos aqueles que os respeitem e os ajudem a aumentar seus poderes. Isto os conduzem, a freqüentemente, apoiarem os Loyalists, ao mesmo tempo, que também apoiam o Status Quo. Eles não tem qualquer programa real de trabalho político diferente da aquisição de poder. A maioria seguem as ordens que não julgarem degradativas ou perigosas demais. Eles cumprem quase todas as missões que aumentam o prestígio pessoal ou do clã.



Este material foi encontrado na Irmandade do 3º Ciclo