Make your own free website on Tripod.com



Os seguidores de set, ou setitas, como eles normalmente se chamam, são um dos clãs mais repugnantes no mundo. A decisão da Camarilla de chamá-los para que eles se unissem a ela foi tomada após semanas de intensos debates, e o fato de alguns setitas terem respondido ao chamado foi visto com uma sensação de alívio pela ala mais jovem.

A explicação para esta reação está ligada a natureza dos setitas. Eles são os mestre da corrupção moral e espiritual. Eles parecem ter uma habilidade incomum para encontrar as fraquezas numa organização ou num indivíuo e explorá-la. Drogas, sexo, dinheiro e poder são suas armas de corrupção e eles tem grande prazer em utilizá-las contra os vampiros e os humanos. Os setitas acreditam que o poder da decadência e da corrupção são absolutos; nínguem é imune.

Embora alguns setitas tenha se tornado membros da Camarilla, isto não parou as facções dentro da seita de utilizarem seus talentos especiais. No mundo da política vampírica os seguidores de set são considerados um mal necessário. Os setitas dizem que conseguem rastrear a sua linhagem até o Deus Negro egípcio. De um modo ou de outro, verdade desta idéia continua desconhecida. Em qualquer evento eles são seres sombrios e poderosos, com interesses não muito conhecidos sobre a tomada do poder no mundo mortal e sobrenatural.

De acordo com a lenda, o clã se originou no Egito antigo. No ano de 5000a.C. (mais ou menos) um grupo de poderosos vampiros se encontrou em torno do delta do rio Nilo. Lá eles disseram ter constituído uma grande civilização e subido ao trono como deuses governantes. Entre estes vampiros esta um chamado Sutekh. Sutekh, renomado guerreiro e caçador, penetrou na escuridão como uma grande besta; em torno de 3300a.C. ele foi adorado por alguns mortais como o Deus da Noite e da Escuridão. Ele era mais que um membro da terceira geração, ele era um antidiluviano.

Nos dois milênios seguintes Sutekh, agora chamando a si mesmo de Set, gostou de ser adorado pelos mortais e de ser respeitado pelos seus amigos vampiros. Uma batalha começou quando um vampiro conhecido como Osíris, junto as suas crias, começou a chamar para si o reinado absoluto sobre o resto dos vampiros. Set se opôs a Osíris, e por muitos séculos os dois travaram uma batalha selvagem. Em 900a.C. a corrente voltou-se contra Set e seus seguidores. Um ser conhecido como Heru-Hehutet, e seus guerreiros, venceram Set e seus aliados numa grande batalha. Set foi exilado e seus seguidores mortos. Na sua angústia, Set prometeu que tendo sido ele exilado na escuridão, então a escuridão iria torná-lo poderoso.



Nos séculos seguintes, Set recrutou novos seguidores. Muitos vieram do Egito, mas havia outros de outros lugares também. Gregos, romanos, persas e semitas. Todos sob a influência de Set, deus da escuridão. Sua mensagem viajou para os quatro cantos do planeta. Das montanhas da Espanha até as costas do Mar Negro, as sementes da escuridão foram plantadas. Finalmente, em 33d.C., Set desapareceu. Antes de desaparecer, Set prometou aos seus seguidores que ele eventualmente voltaria em toda a sua glória negra.

Mesmo após seu desaparecimento o clã cresceu em poder. Sempre pequeno em número de membros, alguns dizem que seus membros são parcialmente responsáveis pelo surgimento da Inquisição, embora não haja prova para sustentar tal alegação. Impérios vieram e se foram, e os setitas continuam carregando tradições negras.

Nos tempos modernos, os setitas encontraram uma nova casa no ocidente. Jamaica e Haiti se tornaram um fétil território de recrutamento para o clã. Usando ciência sofisticada, os setitas se tornaram senhores das drogas. Há rumores de que muitas sociedades secretas haitianas e posses jamaicanas estão sob o controle deles, além de um pequeno grupo de terroristas Oriente Médio.

O primeiro seguidor de set a se chegar num determinado local estabelece lá um templo e prepara o caminho para a chegada de outros membros do clã. Uma vez tendo os novos membros chegados, eles permanecem no templo até terem poder suficiente para construírem seus próprios templos. Cada templo está no centro de uma teia de corrupção, e esta sempre leva a um único vampiro.

Apelido: Serpentes.

Aparência: A grande maioria dos seguidores de set tem as feições das pessoas do Oriente Médio, mas ainda sim há um aumento no número de setitas de outras raças. Membros com cabelos ruivos são especialmente considerados, já que isso é considerado a marca de Set. Quando os seguidores de set são vistos eles normalmente estão vestidos com mantos de ébano escuro de um antigo estilo meio-egípcio. Desfiguramento ritualístico também é comum, embora a natureza pareça fazer variações de membro para membro.

Refúgio: Os setitas preferem morar em cavernas ou em camaras subterrâneas . Normalmente as paredes destes refúgios são decorados com hieroglifos contando a história de Set. Estes refúgios, conhecidos são conhecidos como templos, e eles sempre estão sob ou próximo dos quartéis-generais das atividades criminosas dos setitas.

Antecedentes: Tipicamente os seguidores de set escolhem seus neonatos de seus próprios "mantenedores" humanos. Originalmente só aqueles descendentes de egípcios podiam ser escolhidos como "mantenedores". No último século houve um aumento no número de americanos e europeus recrutados.

Criação de personagem: Muitos setitas vem de um conceito profano, embora exista um pequeno número de bandidos e políticos entre eles. Eles são normalmente Curmudgeons ou deviantes em natureza e vão adotar então o compormento adequado ao seu tempo. Os atributos são primários, assim como os talentos. Muitos tem "mantenedores" como background e muitos tem contatos e aliados dentro de organizações criminosas.

Disciplinas: Ofuscação, Presença, Serpentis

Fraquezas: Setitas são extremamente suscetíveis ao sol. A rolagem de dados para o dano de exposição a tal deve ser dobrado. Eles também são suscetíveis luzes fortes o que faz que se subtraia um dado de toda a rolagem de dados feita enquanto o setita permanece sob tais luzes.

Organização: Cada cidade que possui um setita tem seu próprio templo, fiscalizado por um ou uma chefe espiritual. Pode haver um ou mais subchefes dependendo do tamanho do domínio do templo. A normalmente três humanos mantenedores por chefe. Há rumores de que o Grande Templo de Set fique em algum lugar no sudeste do Sudão, próximo à fronteira com a Uganda. Mensalmente há encontros durante a lua negra (lua nova) em cada templo. Há rumores de que a cada século ocorra um grande encontro no Grande Templo.

Ganhando prestígio no clã: Ganha-se prestígio no clã escravizando-se outros através das suas fraquezas. Quantos mais "escravos" o seguidor de set tem, mais respeito ele consegue. Os setitas também ganham respeito corrompendo vampiros e humanos nos altos escalões.





[Voltar]